ghlc-100.gif

Oi  ,

Tudo bem?

Se você é fã da Growthaholics, certamente vai adorar a notícia que escolhi para abrir a edição de hoje: a partir de agora todas as edições da newsletter estão disponíveis online. Quem acessar o repositório vai poder ver tudo o que já falamos ao longo desses quase 3 anos de história! Para ter um choque inicial, olha só a primeira edição.

Outra boa notícia é que estamos com inscrições abertas para o programa de inovação aberta que desenvolvemos em conjunto com a Algar Telecom. As empresas selecionadas terão uma chance única de acesso ao mercado com o apoio dos especialistas da Algar - uma empresa que impacta 1,3 milhão de clientes entre micro e pequenas empresas, corporações e pessoas físicas.

# Quer pagar como?

giphy

Quando a gente olha para as tendências de inovação no mercado global, o setor de meios de pagamento é um dos que mais tem visto mudanças sólidas. Nos mais diversos elos da cadeia há gente buscando por inovações que alteram o jeito como lidamos com o dinheiro.

De olho nessas tendências, o time de ACE Cortex, nossa unidade de inovação corporativa, se juntou ao pessoal do boostLAB, programa que desenvolvemos em parceria com o Banco BTG Pactual, para preparar um super relatório sobre as tendências de startups no mercado de meios de pagamento.

O resultado ficou muito legal, com diversos números exclusivos (como o total de investimento levantado por empresas do setor nos últimos anos) e um levantamento especial sobre as empresas em busca de resolver problemas deste mercado.

Deu um trabalhão para fazer, mas ver o resultado final vale a pena.

Bônus: Já que o assunto é boostLAB, não custa lembrar que as inscrições estão abertas até o dia 15 de fevereiro para startups mais maduras que resolvam problemas reais em áreas como seguros, energia, real state e setor financeiro.

# Decepção impressa na capa

Tendo como gancho o momento de baixa na confiança com muitas gigantes do Vale do Silício, a revista Time resolveu colocar o assunto em discussão, em uma edição especial que contou com a participação de várias pessoas influentes no setor.

O destaque ficou para o texto assinado por Roger McNamee, investidor e um dos primeiros mentores de Mark Zuckerberg no Facebook. McNamee faz um mea culpa sobre as crises sequenciais em que a empresa tem se envolvido (a última delas, aliás, veio há pouco mais de uma semana, com a descoberta de que ainda há muitas contas ligadas a interesses escusos do governo russo para serem excluídas da plataforma).

Além da reportagem, McNamee está lançando um livro sobre os bastidores do Facebook e sua visão sobre como a empresa pode vencer estes obstáculos. Com o tanto que o assunto tem aparecido na mídia, não tenho dúvidas de que vai ser best-seller.

# Estoque local

giphy

A Amazon deu mais um passo em sua estratégia para o mercado brasileiro e anunciou na última semana a inauguração do seu primeiro centro de distribuição na América Latina. Com cerca de 47 mil metros quadrados, o espaço agora permite que a empresa venda no país produtos de sua marca própria e ofereça opções muito atrativas para o mercado local, como o frete grátis.

A expectativa é ver como este movimento vai afetar os concorrentes brasileiros. Ainda é cedo para falar, mas analistas apontam que players como B2W e Magazine Luiza ainda têm algumas vantagens sobre o concorrente gringo, como conexão entre lojas físicas e virtuais e maior conhecimento do consumidor brasileiro, que devem garantir certa tranquilidade por algum tempo. Mas o fato é que essa mexida certamente fará bem para o mercado - como sempre faz a chegada de um novo concorrente.

# Primeiro do ano

A semana passada terminou com uma notícia que, se confirmada, marcará o primeiro unicórnio brasileiro do ano. Segundo o jornal Valor Econômico, a Gympass fechou negócio com o Softbank e deve receber um aporte que vai levar seu valuation a US$ 1,1 bilhão.

O que acho mais legal da Gympass entrar na lista das startups mais valiosas do país é o fato de a empresa sempre ter tido um foco global - hoje a marca já está presente em dezenas de países e certamente seguirá esta expansão. Acredito muito em empreendedores que não se limitem às próprias fronteiras na hora de escolher um problema para resolver.

Outra boa notícia é que a Gympass não deve ser o único unicórnio brasileiro este ano. Uma reportagem do portal da Exame, que contou com a participação do meu sócio LG Lima, CSO da ACE, fez uma lista com outras empresas que devem ultrapassar a marca do primeiro bilhão ainda este ano.

# Curtinhas

  • Segurança pela incerteza Muita gente tem medo de um mundo em que a inteligência artificial seja mais esperta em que o ser humano - e siga um padrão ético diferente do nosso. Segundo pesquisadores, a alternativa pode ser levar os algoritmos a enfrentarem um sentimento bem comum do homem: a incerteza.

  • Trabalhe com parceiros No meu livro A Estratégia da Inovação Radical falo que estabelecer parcerias é um processo fundamental para empresas que querem se manter relevantes no mercado. Foi isso que a Walgreens, maior rede de farmácias do mundo, fez ao se associar à Microsoft para modernizar suas lojas e enfrentar em pé de igualdade a concorrência da Amazon.

  • Bem treinadas Um dos grandes desafios das empresas de patinetes elétricos compartilhados é manter todos os equipamentos carregados. A logística de recolher pela cidade os patinetes sem bateria beira a insanidade conforme a empresa cresce. Para tentar resolver o problema, a Jump (subsidiária de bike sharing da Uber) vem trabalhando na criação de um patinete que volte sozinho para a base quando estiver ficando sem energia.

  • The Oscar goes to A Netflix conquistou na última semana sua primeira indicação ao Oscar - e já estreia na categoria de melhor filme. Para chegar lá, além de uma ótima produção (Roma) contou com uma estratégia agressiva. Gastou mais em publicidade do que na realização do filme.

giphy
  • Foco na carreira A Gama Academy, está com programa especial para preparar talentos para o mercado digital. Quem estuda ou trabalha com vendas, marketing digital, design ou desenvolvimento certamente vai gostar de saber mais sobre o Game Experience.

  • Foco na carreira 2 Falando em carreira, estamos com algumas vagas abertas na ACE. Tem oportunidades para gente com experiência na área comercial, para uma vaga de SDR, e também para liderar alguns dos nossos programas corporativos.

  • Cheque assinado A Justto, uma das melhores lawtechs do mercado brasileiro e parte do portfólio da ACE, acabou de receber um aporte de R$ 2,5 milhões do fundo Criatec 3. O dinheiro vai ajudar a deixar o produto, que promove negociação de acordos extra-judiciais, ainda mais robusto.

giphy

 

Por hoje é só. Depois me escreve contando o que achou da edição desta semana e o que você espera ver nas próximas.

Abraços,
Pedro Waengertner
CEO - ACE
#GoACE | Twitter | Facebook | Linkedin | Instagram