ghlc-100.gif

Oi,  ,

Tudo bem?

Nesta semana, estive muito empenhado em pensar em como a inovação é algo essencialmente organizacional - isto é, em como o local que nós, como profissionais, nos colocamos dentro da empresa, é a peça-chave pra dizer se estamos sendo inovadores ou não.

Vamos lá?

# Novidades pros gaúchos

Happy Usa Network GIF by Suits

Na noite da última quarta-feira, estive em Porto Alegre, minha cidade natal, para oficialmente lançar meu livro “A Estratégia da Inovação Radical”. O encontro aconteceu na ESPM Sul (obrigado a equipe da instituição por sempre nos apoiar) e pude aproveitar para, além de autografar livros, conversar com empreendedores sobre inovação. Mais especificamente, sobre os seis princípios da Inovação Radical, que abordo no livro. Se você tem interesse em aprender mais sobre as temáticas que exploro no livro (que inclusive, está em preço especial), fique atento, pois no blog ACE, estamos sempre produzindo conteúdos sobre inovação.

O pessoal do Sul, no entanto, anda com sorte. Em uma parceria inédita, a ACE se uniu a quatro empresas da Serra Gaúcha - Randon, Florense, Marcopolo e Soprano - para um programa que vai beneficiar todo o ecossistema de startups locais.

Se você tem uma startup e é da região, não pode perder esse programa de capacitação gratuito, que vai contar com o workshops e mentorias. Serão ao total quatro encontros para os empreendedores da região, com temas como validação e prototipação; mundo exponencial; growth e crescimento; e gestão, pessoas e investimento.

Já anota a data do primeiro encontro na agenda: vai ser na próxima terça-feira, 23 de outubro, em Caxias do Sul. Você pode conferir mais informações sobre o programa aqui e se inscrever para o primeiro encontro aqui. Te espero lá!

# As responsabilidades da liderança

Donald Trump Rnc GIF by Election 2016

Qual você diria ser seu papel como CEO/um dos fundadores da sua empresa? É comum que, o CEO ou os fundadores, por terem estado nela desde o início e passado por todos os problemas, tenham dificuldade em reconhecer quando é o momento de se ausentarem de forma a dar espaço para que os novos membros da empresa se sintam donos daquilo tanto quanto os fundadores.

Spoiler: não é porque novos talentos estão surgindo, que você, como CEO ou fundador, deixará de cumprir uma chancela essencial dentro da empresa. É nesta linha que este artigo da Fast Company se desdobra, pontuando que as responsabilidades de um CEO ou fundador são de contratar e demitir; criar e compartilhar sua visão de futuro; estabelecer a direção do negócio; dar propósito ao time à medida que eles apoiam tal visão de futuro.

Gostei bastante de como o artigo pontua que o que há de vital nessas responsabilidades é o como é única a forma que cada CEO/fundador faz isso pela empresa. Para o articulista, é necessário fazer com que sua presença diária seja desnecessária e isto é algo que sempre repito: que a autonomia não está desalinhada ao alinhamento interno, ela é essencial para que o time se sinta dono.

# Inovação é design organizacional

High Five Fresh Off The Boat GIF by HULU

 

Indo ainda na linha de organização e autonomia interna do time, sempre repito (e é inclusive, o 1º princípio de meu livro) que inovação = design organizacional. O Guilherme Azevedo, fundador da Dr. Consulta que recentemente esteve em evento da ACE, pontuou sobre. Para ele, “gente é papel do CEO e dos fundadores e não do RH”. Sua fala nos remete a um problema muito comum dentro das empresas - a falta de inovação nos ambientes de Recursos Humanos.

É por isso que na próxima quarta-feira, 24 de outubro, às 11hs, apresentarei um Webinar sobre as melhores estratégias de inovação no RH junto ao Marcelo Furtado, CEO da Convenia, startup ACE que auxilia empreendedores a otimizarem seus RHs. Você pode conferir mais informações aqui e se inscrever aqui.

Mas o RH não é o único assunto de design organizacional que precisamos falar. Os squads, modelo de trabalho que o Spotify, a Vivo, e diversas outras empresas utilizam, cresce a cada dia - dado ao seu potencial de resolução de problemas de forma enxuta e inovadora.

Na terça-feira, 23 de outubro, às 14hs, também apresentarei um Webinar sobre este modelo de organização, explicando seu funcionamento - desde a construção dos times multidisciplinares e sem hierarquias até como essas grandes empresas adotaram o modelo. É só se inscrever aqui!

# Se apaixone pelo problema

É comum, quando startups possuem interesse de participar de um programa de aceleração como o da ACE, que haja o questionamento se apenas a ideia de uma startup basta. Não é o nosso caso, justamente porque é muito comum que empreendedores acreditem que as ideias deles são melhores do que elas realmente são.

Achei curioso que este artigo do Tech Crunch fala exatamente sobre isso - de como para construir um grande negócio é necessário muito mais do que um gênio e uma grande invenção. Muitas vezes, os envolvidos até têm em mãos uma hipótese que vale atenção, mas é necessário que a startup possa solucionar um problema que o cliente tenha.

O artigo levanta um ponto importante, que é onde está o mérito da startup, senão na grande tecnologia ou quem está por trás dela. A resposta é simples: o seu sucesso está em ser algo durável, atrativo, adaptável e de tecnologia o mais avançada possível.

# Curtinhas

Sylvester Stallone Running GIF by Rocky

 

  • Próxima turma Aos empreendedores que quiserem participar do próximo batch de aceleração da ACE, que se inicia em janeiro de 2019, não perca tempo. Vamos fechar as inscrições para essa turma em 15/11. Se inscreva aqui!
  • Fora Mark Nesta semana, 4 fundos públicos de investimento americanos se uniram aos acionistas do Facebook para substituir Mark Zuckerberg do cargo de presidência do conselho da empresa. Para eles, conselhos mais independentes, sem a figura do próprio CEO garantem uma supervisão e cautela maior na administração de problemas.
  • Incubadora de youtuber A Next 10 Ventures, empresa californiana de investimento em criadores, está lançando uma incubadora de youtubers. O programa contará com 12 meses de mentoria, com investimento de $25 a $75 mil, escolhendo de 25 a 40 criadores de vídeo que estão iniciando agora seu crescimento. Para a marca, o objetivo é melhorar a qualidade de conteúdo dos próprios criadores.
  • Segue o líder Sempre comento por aqui das constantes notícias de 'guerra dos streamings', com os surgimentos, compras e investimentos de novas plataformas. Mas essa semana, a Netflix mostrou o porquê ainda é a líder: os números do último trimestre surpreenderam - são 130 milhões de clientes só em Setembro, por exemplo, e quase $15 bilhões de receita nos últimos meses.
  • No impulso Que o nosso cérebro é bastante suscetível a gatilhos psicológicos, você já sabe. Mas será que esses gatilhos podem ser utilizados para impulsionar o marketing e as vendas do seu negócio? A resposta é sim! Conheça os 6 principais gatilhos de influência que ativam nosso senso de piloto automático.

Girl Fight Fighting GIF

  • Guerra no Vale Imagine ter em sua empresa um colaborador essencial que construiu um projeto bastante específico e especial durante anos. Imagine então que o projeto nunca chegou a ser lançado mas o colaborador se demitiu e foi para uma empresa concorrente. Em breve resumo: essa é a razão que explica o porque o Google processou o Uber - acusando-o de roubo de propriedade intelectual.
  • Manda um Slack O Slack é a plataforma queridinha do ecossistema empreendedor - pode ser por suas multifuncionalidades, diversidades de espaço e privacidades. E talvez por conta disso, um pouco difícil de administrar. O blog da marca lançou um guia de como usar o app para conseguir os melhores resultados.
  • Cliente no centro Como você vende o seu produto? Os relações públicas afirmam de pés juntos que a experiência que o seu produto proporciona deve ser o fator central. No entanto, se questione: como os seus clientes enxergam a experiência do seu produto? Gostei bastante deste artigo que fala sobre como escutar o quê os seus clientes tem a dizer é muito mais efetivo do que pressupomos normalmente. Ou seja: é necessário colocar o cliente no centro da equação.
  • Na caça Um dos fatores que mais garantem que tenhamos as melhores startups acelerando conosco é um processo ativo e bastante crítico de recrutamento. Estamos expandindo esta área da ACE e buscamos mais um Startup Hunter para trabalhar conosco em São Paulo. Confira mais informações sobre a vaga.

 

Its Always Sunny In Philadelphia Thumbs Up GIF

 

Por hoje, é só! Me conta o que você achou dessa edição?

Abraços,

Pedro Waengertner
CEO - ACE
#GoACE | Twitter | Facebook | Linkedin | Instagram