Tanto as pesquisas da ACE como nossa experiência mostram que nem sempre há clareza por trás dos projetos de inovação. Esse é seu caso?

Oi,  ,

Tudo bom?

Se você trabalha como gestor da área de inovação de alguma grande empresa, conseguirá se enxergar em vários do pontos do e-mail de hoje.

Acredito que você já tenha ouvido falar na Brazil Innovation Survey, uma pesquisa coordenada por nosso CTO, Sulivan Santiago, que apresentou um cenário claro da inovação corporativa no Brasil.

Se ainda não conhece, te convido a baixar o estudo agora mesmo.

Foram meses do trabalho do nosso time e é muito bom ver a repercussão positiva que ele vem tendo.

Ouvimos dezenas de gestores da área, que abriram o coração sobre seus dilemas, projetos e dificuldades.

E encontramos muitos pontos relevantes:

  • Líderes de inovação têm que comandar muitos projetos em paralelo
  • O orçamento costuma ser bastante apertado
  • A cobrança por resultados de curto prazo é um grande desafio
  • Cursos e network estão entre as principais formas de se atualizar
  • O medo de perder emprego é um dos maiores temores desses executivos

Se identificou com algum desses pontos?

A boa notícia é que não é preciso se estressar com isso. Pois tanto a Brazil Innovation Survey como nossa experiência mostram que há formas de enfrentar cada um desses desafios.

E coincidentemente falei sobre dois desses aspectos em vídeos que foram ao ar na última semana.

O primeiro foi o webinar que organizamos aqui na ACE para falar sobre como criar uma cultura de inovação efetiva em uma grande empresa. Foi um bate-papo de quase uma hora em que comentei um pouco do que vem acontecendo no mundo e como gestores de inovação podem fazer para vencer alguns de seus principais desafios.

O segundo foi uma entrevista que dei ao Valor Econômico comentando a efetividade dos programas de aproximação entre startups e corporações. Nem todos esses programas são verdadeiramente os mais indicados, porque nem sempre eles são realmente o que a empresa precisa para se tornar mais inovadora. Vejo muitas empresas ansiosas por se conectar às startups, mas sem saber bem o que vão fazer no dia seguinte a essa conexão.

E este é um ponto importante. Sem clareza do que motiva, de fato, sua empresa a investir em inovação, será difícil obter resultados reais - e são resultados palpáveis que todo mundo espera no final do dia.

Pensando nisso, lanço aqui a questão: você sabe por que investe em inovação?

Se precisar de ajuda para chegar a essa resposta, me escreva que será um prazer te conectar aos nossos especialistas de ACE Cortex.

Grande abraço,
Pedro W

 
© ACE
Avenida Paulista, 171
São Paulo, SP 01310-000
Brazil

 manage your email preferences 
 unsubscribe