Oi, ,

A SmartMoney está de volta para te desejar sucesso e paz em 2018! 

Iniciamos o ano com boas notícias e matérias!

# O primeiro unicórnio do Brasil finalmente surgiu

Estamos muito feliz com a notícia da compra da 99 pela Didi. Isso coloca o Brasil de fato como um ecossistema avançado de startups e dá grande visibilidade ao mercado global.

Também já começamos a ver outros movimentos interessantes como, por exemplo, o IPO da PagSeguro na Bolsa de NY (onde provavelmente será avaliado em mais de US$ 1 bilhão também). 

2018 promete!

# Tendências para 2018 e o que investidores esperam

Nessa época surgem bastante estudos de tendências. O CB Insights lançou um report bem intessante "15 Trends Shaping Tech In 2018", onde lista as 15 tendências que deverão dar forma ao mercado de tecnologia em 2018.

Também alguns investidores bem sucedidos e relevantes em suas opiniões escreveram artigos sobre suas expectativas sobre Startups, investimentos, M&As, Criptomoedas e outras tendências.

Vale a leitura do Semil Shah, do Haystack, sobre o que ele prevê para 2018 e Fred Wilson, do AVC, em que ele sugere que não tem muita idéia sobre o que vai acontecer, mas traz bons questionamentos.

# Criptomoedas e Blockchain

Muito foi discutido sobre a viabilidade e especulação em cima das criptomoedas nas últimas semanas, o que tem causado uma volatilidade na cotação das criptomoedas.

Matéria da Business Insider apresenta argumentos de relatório da Morgan Stanley para justificar o valor do Bitcoin a zero.

Kai Stinchcombe faz uma análise de como a tecnologia do blockchain, depois de 10 anos, está sendo usada em uma lista de diversos campos de trabalho. A matéria sugere que, após 10 anos, a tecnologia ainda não tem tido tanta utilidade. Alguns criticam por falta de contexto. Mas na matéria vale conhecer onde estão tentando aplicar a tecnologia.  

# Gestão de Portfolio de Startups

Fred Wilson, do AVC, fez mais um post de muita sabedoria em seu blog, sobre sua visão em relação a gestão do seu portfolio de Startups chamado "Segundo Quartil". Nele, sugere que o esforço do fundo em apoiar as empresas do segundo quartil do portfolio é muito determinante para a taxa de retorno do fundo, e ele explica o porquê. 

Também, neste tema, Guilherme Lima, nosso gestor do Portfolio da ACE, escreveu em seu Linkedin sobre as 14 ferramentas que ele utiliza para gerir o Portfolio de Startups da ACE e se manter atualizado

# Startups de Israel trazem US$ 7bi em retornos para investidores

Um relatório da PwC mostrou que os exits de startups israelenses resultaram em um retorno de US$ 7 bilhões para seus investidores ao longo do ano passado. O valor é 110% do que o registrador em 2016.

Os compradores das startups isralenses estão espalhados por diversos locais do mundo, mas a participação do próprio mercado israelense nos negócios ganhou relevância.


# Portfolio ACE Startups

# Espresso App

Crescimento e aprendizado: Como foi 2017 para o Espresso 

# JetBov

Nove startups para acompanhar em 2018

# Bepass

6 grandes mulheres líderes de startups em 2017

# ASAPP

Conheça 8 startups que estão revolucionando o mundo corporativo

Te convido também a acessar o Portfolio de Startups da ACE, agora com facilitador de busca por interesse de startups e mercados. Me fale o que achou.


Se você tiver algum feedback ou quiser se aprofundar em algum dos temas ou no portfólio ACE, pode me responder esse e-mail e nos falamos.

Uma boa semana e boa leitura,

Mike Ajnsztajn
Co-Founder
#GoACETwitter | Facebook | LinkedIn | Instagram