A estratégia do Google de incorporar um adblock nativo no Chrome, as últimas do Wired Festival, as novidades da Apple e muito mais!

Oi  ,

Tudo bom?

Quem concentra a maior verba de propaganda no mundo? Resposta fácil: o Google. E o que a empresa fez agora? Anuniou que vai ter um adblocker nativo no seu navegador, o Chrome. Pode parecer difícil de entender, mas a empresa explicou a estratégia por trás da decisão.

Esse é um tema da newsletter dessa semana, que traz também um protesto pela neutralidade da rede, de como está sendo o Wired Festival e das últimas novidades da Apple. Vamos lá?

# Muralha do Chrome

Quem odeia ser importunado por um monte de propaganda cada vez que entra em qualquer site, vai ganhar um aliado. E que aliado… O Google vem trabalhando uma versão do Chrome que já virá com adblocker nativo.

A ideia é lançar a nova versão no início de 2018 - e a empresa já tem conversado com desenvolvedores de conteúdo para que eles se preparem para a novidade.

É claro que a maior vendedora de publicidade do mundo não vai acabar de vez com as propagandas. Pelo contrário. A ideia, segundo a empresa esclareceu, é acabar apenas com os anúncios ruins e que incomodem uma boa parcela dos usuários.

União pela neutralidade

Na segunda-feira, quem resolver fazer compras na Amazon, apoiar algum projeto no Kickstarter ou postar um link no Reddit vai ser convidado a mandar emails para autoridades americanas.

Mais de 50 empresas de tecnologia e grupos de pressão se uniram para protestar contra a possibilidade de que o princípio da neutralidade da rede seja posto de lado pela FCC, a Anatel dos Estados Unidos.

O princípio foi garantido durante a gestão Obama, mas agora a FCC, pressionada pelas gigantes das telecomunicações, tem se mostrado propensa a fazer alterações na regra.

Essa não é a primeira vez que o pessoal do Vale do Silício se une em torno do assunto. Em 2014, várias empresas aderiram ao Internet Slowdown Day, para alertar a população sobre os riscos envolvidos com o fim do princípio da neutralidade.

Plus: Falando em rede, o The Verge trouxe a discussão sobre o que é a web? E a resposta deixou bastante gente de fora.

Wired

IMG_5328.jpg

Hoje e amanhã estamos no Wired Festival. Fizemos a curadoria da Sala Startupse trouxemos um monte de discussão interessante para o empreendedor brasileiro.

No palco principal, eu falei sobre as carreiras do futuro - que com certeza não vão ser as mesmas de hoje em dia.

(Depois da minha apresentação, inclusive, teve gente que disse acompanhar a Growthaholics toda quinta-feira. Obrigado pela audiência, pessoal!)

Mesmo que você não tenha conseguido fazer sua inscrição, apareça aqui amanhã. Sempre sobra algum espaço nas salas e você vai poder ver gente incrível como Martin Romero, da EasyQasa, e Phillip Klein, da Uber, falando sobre o poder das startups para mudar o mundo.

Olha a agenda completa aqui e venha pro Instituto Tomie Ohtake

# Mais uma na briga

Até amanhã rola o WWDC, a conferência da Apple para desenvolvedores. Tradicionalmente a empresa anuncia algumas novidades durante o evento.

Este ano, o destaque ficou para a entrada da maçã na briga pelos dispositivos para casa. O concorrente do Amazon Echo e do Google Home se chama HomePod e, como não podia deixar de ser, tem design minimalista.

# Curtinhas

  • HDNA: A ideia de transformar o DNA em uma espécie de HD, capaz de salvar documentos, filmes e músicas já não é mais coisa de ficcção científica. Agora, a Microsoft resolveu entrar nesse jogo também - e prometeu um data center baseado em DNA até o fim da década 

  • Investidor com asas: Para ajudar a desenvolver o mercado de investimento-anjo no Brasil, lançamos um curso para quem quer investir em startups. As inscrições estão abertas.

  • Nem um centavo: O spinner, um brinquedinho que é a nova moda entre a molecada, foi inventado em 1993 por Catherine Hettinger, uma californiana de 62 anos. Demorou 24 anos para a invenção cair no gosto do povo - e como Catherine não tinha dinheiro para renovar a patente, ela não teve sequer um centavo de lucro com a febre dos spinners
  • SaaS acelerado: Nosso acelerador Sulivan Santiago, que entende tudo de SaaS, foi um dos entrevistados pelo Superlogica sobre o impacto que o processo de aceleração tem sobre empresas que adotam o SaaS como modelo de negócio.

  • Tecnosinos: Essa semana abrimos inscrições para um evento que faremos no dia 6 de julho no Tecnosinos, no Rio Grande do Sul. Galera das startups gaúchas, apareçam lá para conversar comigo e com o Marcel, fundador da Bematech.
  • Quem é o cantor?: A Singa, uma startup finlandesa, acabou de levantar € 1,75 milhões para se tornar o Spotify do Karaokê. Aqui na ACE, já estamos aquecendo a voz.

Vai estar amanhã no Wired Festival? Me dá manda um email e quem sabe a gente se encontra por lá.

Quem não for estar por lá também pode mandar email e contar o que achou da newsletter dessa semana, viu?

Um abraço,

Pedro Waengertner
CEO - ACE
#GoACETwitter | Facebook | LinkedIn | Instagram

Not rendering correctly? View this email as a web page here.
Share the love (and growth!):